Buscar

Podcast "O DIA DEPOIS DE AMANHÃ" a nova parceria da SEGUIMOS FORTES

Trocamos uma ideia com o Danilo Rodrigues vocalista da banda LA.MARCA e o entrevistador do podcast "O DIA DEPOIS DE AMANHÃ"

Se liga na ideia!!

FININHO: Danilão primeiramente muito obrigado por trocar essa ideia com a Seguimos Fortes, fala um um pouco de como surgiu o @podcastodiadepoisdeamanha ?


DANILO: Fala galera beleza?

Mais uma vez obrigado pelo espaço. Então, a ideia surgiu da minha vontade de produzir um conteúdo que pudesse ajudar as bandas que estavam no meu meio e não tinham oportunidades e espaços em quem produzia conteúdo relacionado ao underground. A ideia em si era pra ser um documentário (ideia original do Alex Statues on Fire / Fusabooking), acabou virando um podcast com o aval dele. Assim consigo abrir espaços para as bandas falarem do seu corre e a galera entender por que muitas dessas bandas não fazem determinadas coisas como as bandas consagradas.



FININHO: Trocamos uma ideia um tempo atrás, que teve um foco mais voltado pra sua banda o La.Marca, dessa vez queremos nos aprofundar mais no seu projeto do podcast, sendo assim, o que você pode nos contar a respeito da primeira temporada? Sei que você entrevistou muita gente boa de ótimas bandas, com certeza deve ter bastante história inusitada e até mesmo de aprendizado com essa galera, conta pra nós um pouco de como foi conhecer um pouco mais da vida dessa turma?


DANILO: Cara, teve muita coisa legal nessa primeira temporada. Posso fazer um top três:

- O episódio com o Thiagones teve que ser gravado duas vezes, pois o primeiro teve o arquivo corrompido, isso aconteceu com outro convidado que teremos na segunda temporada, quando vocês ouvirem vão saber... rs

- O off das conversas com a Marina (Sapataria) e Thiagones (Wiseman) tiveram pelo menos umas 2 horas de papo após as gravações... rs

- O primeiro episódio com o Dudu era um piloto que não iria ao ar, mas quando terminei a edição e vi o resultado final eu disse "é isso que eu quero"...

Sobre conhecer essa turma, tirando a Marina (Sapataria), o Pêu (Angular) e a Naty (Continue), todos os outros convidados eu já conheço há um bom tempo. Pêu virou parceirão desde então. Enquanto estive internado pra fazer a cirurgia, ele até mandou prévias do disco do Angular que estava pra sair. Já a Marina, eu vou confessar, assim como fiz no episódio, que eu estava com medo de dar uma merda porque, querendo ou não, eu sou um cara muito anos 90, mas foi um dos papos mais legais que tive. Entendi o ponto de vista das minas que lutam pelo seu espaço, sem contar que temos algumas coisas em comum. Ela está até me ajudando com algumas convidadas para a segunda temporada. A Naty é uma queridona, já até cantou com o La.Marca, tem um talento enorme e um coração incrível, já virou amigona! rs



FININHO: Sabemos que muito em breve sairá a segunda temporada do seu podcast, você pode nos adiantar alguma novidade do que vem por aí? Quantos episódios serão e quem serão os convidados? ( momento spoiler ) kkkkkk


DANILO: Vamos lá, o formato deve se manter, eu gostei do resultado final e acho que agradou muito quem ouviu, então não devo mudar muita coisa. Novidade mesmo é a parceira com vocês e que agora temos o nosso próprio estúdio de gravações, onde posso receber os convidados.

Sobre os convidados eu posso adiantar que eu passei pela baixada santista quando gravei com o Sandro (Cannon off Hate e Sempre) e gravei uma galera que eu admiro muito por lá e que devo voltar em breve pra conversar com mais algumas figuras. Vai ter integrante da minha banda, pois preciso colocar esses caras para falar. Afinal, vendo a vida deles eu acabo me inspirando para fazer o podcast também. De resto fica de surpresa... rs



FININHO: Você, assim como a Seguimos Fortes, tem capitaneado um projeto que é dedicado as bandas que realmente precisam ser conhecidas, as que precisam de mais espaço no cenário underground e também aquelas bandas que já tem um certo tempo, mas ainda não tiveram o seu trabalho e esforços reconhecidos como mereciam, essa é a linha que o seu podcast pretende seguir entrevistando? Sempre focado na famosa série C do nosso underground, ou podemos esperar futuramente entrevista com aquela galera mais consagrada que já tem a banda e sua história consolidada no cenário independente?


DANILO: A princípio a ideia sempre será falar com quem está correndo e tem esse lado B na vida, tocar, trampar e cuidar da vida pessoal. Acredito que essa será a linha da segunda temporada. Não descarto falar com quem tem sua história consolidada, pode acontecer, mas não é o foco.



FININHO: Como você selecionou a galera que fez a entrevista no podcast? Indicação da galera que acompanha o trabalho? São pessoas que você já conhece? ou a galera das bandas entram em contato com você? Aproveitando o gatilho dessa pergunta, tem alguém que você ainda não entrevistou e gostaria muito ou se já entrevistou, nos conta como foi a satisfação de saber um pouco mais da história dessa pessoa?


DANILO: Nessa primeira temporada eu fui mais pelo lance de afinidade e proximidade, me arrisquei com algumas pessoas e deu muito certo. Devo continuar nessa linha e seguir algumas indicações de quem ouve o programa. Sempre estou interagindo com o pessoal pelo Instagram.

Sobre alguém que eu queria ter falado, eu conversei com o Sandro (Cannon of Hate e Sempre) que é um cara que eu já admirava e agora então eu admiro mais ainda. Mas tem quatro pessoas que eu quero muito falar: o Anderson (Mar Morto e Sempre), um cara que faz muito pelo corre que estamos. O outro é o Dido (Superbrava), neste caso será em uma temporada temática e especial, assim como o Alex (Statues on Fire e Fusabooking). Pra fechar, quero muito conversar com a Andreia (Charlote Matou um Cara), tô naquela fase de querer entender todos os corres paralelos que existem e acho que vai ser bom ouvir o que ela tem a dizer.


FININHO: Danilão, mais uma vez muito obrigado por topar falar com a Seguimos Fortes, agora referente ao seu podcast, te desejamos todo sucesso nesse e em todos os projetos que você estiver envolvido, deixamos aqui as considerações finais por sua conta.


DANILO: Galera, ouçam "O dia depois de amanhã", apresentem pra algum amigo que está nesse rolê, ouçam o que as bandas têm a dizer e ajudem a espalhar esse trabalho que é feito com muita dedicação. Conto com vocês!

Eu agradeço o espaço e a essa parceria, precisamos co-existir nesse role e juntar forças, afinal seguimos fortes!


Bebam água e tchau!



135 visualizações1 comentário
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© seguimosfortes 2019