Buscar

LA.MARCA


COM CORAGEM PRA MUDAR

Com letras otimistas e guitarra em destaque, a banda La.Marca aposta em hardcore pra cima.

A cena do punk rock hardcore está mais viva do que nunca e, com muito barulho, mensagens políticas e mosh, tem mantido suas atividades em São Paulo. As bandas, quase todas do circuito independente, se destacam por letras pesadas de protesto - tão intrínsecas ao histórico do punk - ainda mais após as eleições de 2018. Na contramão desta movimentação está o La.Marca, os paulistanos, que tocam juntos há 10 anos, estão entre os poucos que ainda fazem um som melódico e lançaram seu segundo disco há poucos meses, intitulado “A nova versão de uma nova estória”.

Com letras que, ao mesmo tempo que fazem refletir, são marcadas por positividade e olhar esperançoso no futuro, a banda traz toda sua inspiração do que houve de melhor nos anos 90. Bateria rápida, baixo bem marcado e guitarra afiada produzem canções que bebem do hardcore melódico californiano e traduzem temas reais do cotidiano urbano, incluindo temas políticos. Sobre o novo disco, Danilo (vocal) revela: ““A gente continua com nosso DNA, mas agora com um trabalho que mostra muito mais quem a gente é e o nosso objetivo: fazer música pra se divertir e levar uma mensagem positiva”.

Mas quem descobre a banda hoje nem imagina como era em seu trabalho de estreia. O primeiro álbum, Válvula de Escape, nasceu em 2012 com melodia rápida e a agressividade que quem veio das regiões periféricas da cidade de São Paulo sente na pele em seu dia a dia. “O La.Marca no começo fazia um som muito mais semelhante ao que é tocado hoje no hardcore, algo mais pesado mesmo”, conta Danilo. Com outra formação, mas o mesmo vocal, o trabalho tem 11 faixas - destaque para os hits com refrões chiclete Revolta e Uma Saída, que teve participação de Fernando Badauí (CPM22).

“A nova versão de uma nova estória” levou cerca de um ano para ficar pronto e traz à luz o trabalho mais consistente e maduro do grupo desde sua criação, em 2009, até agora. E como o nome indica, o álbum apresenta em 14 faixas uma nova versão, mais versátil, da banda que já possui 10 anos de estrada e mantém a mesma formação há 4. Ainda assim, os paulistanos continuam com fortes influências de Face to Face, Millencolin, Pulley, CPM22 e Rumbora.

E para marcar esta mudança de proposta da banda, o La.Marca apresentou também uma nova identidade visual, com direção criativa de Cezar Haruo. As cores vivas e ilustrações, que foram lançadas com um lyric vídeo do primeiro single, homônimo do álbum, deixam claro que nem só de preto vive o punk rock hardcore.

Composto por: por Danilo (vocal), Funga (bateria), Dudu (guitarrista) e Roni (baixista), o grupo contou com produção musical de Fernando Schaer neste último trabalho, que foi lançado sob o selo Fusa Records. Fazem participações especiais alguns amigos, como: Reynaldo Cruz, frontman do Plastic Fire (RJ), Caio Cezar, vocalista do Buena Onda, e Amarula Onofre, do Audiobase, entre outros nomes.

Em 2019, o La.Marca tem o intuito de espalhar sua mensagem de esperança para novos públicos e, por isso, tem se dedicado a realizar shows em outras cidades. E para os próximos meses estão sendo preparados um documentário sobre a gravação do segundo disco, clipe novo e uma festa em comemoração à primeira década da banda, completada em janeiro deste ano.


Mídias sociais:


Instagram: @lamarcahc

Facebook: https://www.facebook.com/lamarcaoficial/

Deezer: https://bit.ly/2Lta418

Google Play: ://goo.gl/9Br9vbhttps

Shazam: https://goo.gl/GJmMj8

Contato Imprensa Danilo: (11) 98834-5852 | danilo.fusarecords@gmail.com





19 visualizações
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© seguimosfortes 2019