Buscar

5 Perguntas com a banda Peoria

Atualizado: 8 de Out de 2019

Batemos um papo irado com a galera do Peoria saca só!


1- Salve salve, tudo bem? Vamos lá, falem um pouco mais sobre as referências de vocês, o que vocês mais escutam? Como percebem a influência direta ou indiretamente dessas bandas no som?


Primeiramente, muito obrigado galera da Seguimos Fortes, parabéns por todo trabalho que vocês estão fazendo no underground!

Mas vamos lá todos os integrantes possuem referências distintas entre si, porém que se complementam.

Procuramos não utilizar as referências como base em nossas composições. Deixamos as coisas fluírem. E no final das contas temos um resultado com um pouco de cada integrante, nos agradando de forma geral.



2- Contem um pouco da história, como se conheceram e como surgiu a banda, mudanças na formação, pausas, retornos, etc.


A Peoria nasceu dentro de um home estúdio, em Itaquaquecetuba (SP). Existia um projeto anterior, que já estava se desfazendo, e na verdade fez nascer a Peoria.

A formação já foi alterada por 2 vezes, sendo a formação atual composta por Danilo Coleta (guitarra), Leandro Cesar (voz / guitarra), Luiz Reche (baixo) e Raphael Martins (bateria).

Apesar de a Peoria ser nova, todos os integrantes se conhecem desde a adolescência, contribuindo assim para o entrosamento.

Desde o nascimento da Peoria estamos a todo vapor, sem pausas!


3- E esse álbum CATARSE? SENSACIONAL! Como foi o processo de composição, gravação e lançamento dele? Saiu tudo do jeito que vocês esperavam? Qual a principal mensagem que quiseram transmitir com as canções?


Obrigado demais, legal saber que curtiram!

O álbum CATARSE surgiu de uma oportunidade, onde tínhamos uma ótima proposta de gravação.

E que a verdade seja dita, o álbum CATARSE foi produzido e gravado às pressas, tendo em seu processo de gravação apenas 2 membros da banda, Leandro Cesar e Raphael Martins, sendo esses os compositores de todas as faixas.

De fato a Peoria só veio a nascer após o álbum ser finalizado, onde os integrantes foram estruturados e os shows começaram a ser feitos.

Claro que esse não é o processo de gravação que sonhamos, mas os próximos trabalhos contarão com o suor de todos os integrantes.



4- A faixa 05 tem participação do Lucas Guerra (PENSE), como foi essa experiência? Ele tem participação na letra também? A amizade se iniciou nesse trabalho, ou já existia antes da gravação do CD?


A participação do Lucas Guerra na faixa “O Circo e o Pão foi uma experiência com sensação sem igual.

A letra é totalmente composta pelo Raphael Martins, baterista da banda.

O convite para uma participação foi realizada durante o processo de masterização do álbum.

O processo foi totalmente recíproco.

Tivemos um feedback muito bacana por parte do Lucas Guerra em relação a essa faixa, por isso o convite foi prontamente aceito.


5- Para finalizar, deixem uma mensagem de incentivo pra galera que acompanha a cena. Muito obrigado pelo bate papo, o som de vocês é animal! Espero que tenha sido uma boa experiência, juntos SEGUIMOS FORTES.


Galera, NÃO PODE existir competição neste meio, as parcerias e incentivos fazem todos crescerem por iguais.

Ninguém é melhor do que ninguém. Ninguém precisa passar por cima de ninguém para se aparecer.

Estamos de olho!

Menos competição. Mais união.

É assim que deve funcionar.

Dê valor ao trampo do seu amigo, ele precisa mais do que as bandas que você se mata pra acompanhar e as vezes nem te correspondem.

É isso aí!

SEGUIMOS FORTES!

Muito obrigado pelo espaço cedido.

GO HARDCORE!


Vocês podem encontrar o Peoria em todas redes sociais e apps de streaming ou via: http://www.peoria.com.br




0 visualização
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© seguimosfortes 2019